Como saber se o mogno africano é um bom investimento para a sua aposentadoria?

Existem inúmeras formas de investir a longo prazo, mas a aposentadoria verde tem ganhado cada vez mais espaço. Especificamente, o mogno africano, uma cultura que pode render boas quantias. Cada hectare do, em nome científico, (Khaya ivorensis), pode render entre R$ 358 mil e R$ 531 mil, em boas condições de clima e após o corte raso da floresta. No espaço, cabem, aproximadamente, 640 árvores.

O retorno financeiro ocorre entre 15 e 20 anos. Engana-se quem pensa que o valor de investimento precisa ser elevado. Já é possível obter retorno financeiro investindo em tordo de R$ 500.

Ascensão da aposentadoria verde

A aposentadoria verde é todo investimento feito em reflorestamento com alguns tipos de árvores. Os ativos florestais são pouco conhecidos, mas começaram a ser ainda mais elevados, conforme o consumo por madeira se elevou nos últimos anos. Logo, se tornou atrativo para os investidores que almejam uma aposentadoria tranquila.

Além disso, a partir da democratização dos investimentos florestais, o mogno africano não é mais restrito a apenas grandes investidores.

O chamado investimento verde pode ser um ótimo aporte para a sua aposentadoria. Hoje, há uma demanda elevada por madeira de qualidade, desde o mercado interno até o externo, tendo baixo risco e lucratividade elevada. Com cinco hectares plantados, o rendimento pode ser de R$ 2,5 milhões.

Para a alta produtividade, é preciso que a floresta seja bem cuidada, desde o plantio, manejos corretos, até a devida correção do solo, além de um acompanhamento técnico adequado para que os lucros sejam ainda mais elevados.

Este processo pode ser feito por profissionais, para que você não tenha preocupação alguma com o seu investimento verde.

O mogno africano não precisa de um solo específico para ser plantado, já que não tem alta exigência em fertilidade. Desenvolve-se bem em solos de textura média e solos profundos. Adapta-se bem aos diferentes climas, em quase todas as regiões do Brasil.

Apenas é preciso evitar áreas alagadas e onde ocorrem geadas, mas suporta temperaturas mais baixas. O ideal, é que o plantio seja feito em períodos de chuva para que o mogno africano se beneficie, com o melhor desenvolvimento da árvore.

Rentabilidade garantida

Você também pode doar ou vender o seu título, caso deseje ter o retorno financeiro antes que a floresta se desenvolva plenamente. O resultado, além do financeiro, é a sustentabilidade e a preservação ambiental de espécies em extinção, não permitindo que áreas protegidas sejam desmatadas.

O chamado “ouro verde” ganha cada vez mais espaço e rentabilidade, por conta do uso comercial altamente abrangente.

Fábricas de móveis refinados, barcos e pisos laminados são algumas das finalidades para esta nobre madeira.

Como fazer o investimento sustentável?

Nós comercializamos títulos florestais vinculados a florestadas de mogno africano. Ao adquirir um título, você se torna dono de parte dessas florestas. O ganho é ambiental e social, afinal quando atingem o ponto de corte, as árvores são comercializadas e vendidas ao mercado madeireiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir chat
💬 Precisa de ajuda?
Olá 👋
Podemos te ajudar?
Powered by