Vale a pena investir na previdência privada? Quais as alternativas?

Com a possível reforma da previdência, aposentar pode se tornar coisa para poucos no Brasil. Sendo assim, a previdência privada é o primeiro pensamento que aparece na mente de inúmeros brasileiros.

A previdência privada é a principal maneira que muitas pessoas utilizam para garantir uma aposentadoria tranquila e sem depender do INSS. Mas ainda existem muitas dúvidas sobre este tipo de investimento.

Você sabe o que é? Qual a diferença para a previdência social? O que é PGBL e VGBL? Vale a pena investir na previdência privada? Quais as alternativas? Continue a leitura deste artigo e descubra as respostas para estas perguntas. 

O que é previdência privada?

A previdência privada é uma modalidade de investimento, como a caderneta de poupança, que tem como principal objetivo complementar a renda obtida por meio da previdência social, já que esta não garante um salário apropriado para a aposentadoria devido à perda do valor de compra do valor pago pelo INSS. 

A principal diferença para a previdência social é que o valor a contribuir pode ser escolhido, bem como a sua periodicidade. É válido ressaltar que esta alternativa se tornou viável devido ao fato da taxa Selic (taxa básica da economia) apresentar baixos percentuais, impactando diretamente na rentabilidade de alguns investimentos. 

Qual a importância?

A previdência privada é uma alternativa para quem deseja se aposentar de uma maneira tranquila. Com ela é possível manter o padrão de vida conquistado durante a árdua vida de trabalho e aproveitar a terceira idade da melhor forma possível. 

Deve-se destacar que, quanto mais cedo começar a poupar, melhor será. Assim, você terá mais tempo para angariar fundos para usufruir desta fase da vida. É importante lembrar que a expectativa de vida dos brasileiros vem aumentando consideravelmente, o que é mais um motivo para que você poupe certa quantia de dinheiro regularmente. 

Quais são os tipos?

Existem dois principais tipos de previdência privada: o PGBL e o VGBL. Cada um possui suas características próprias e você deve optar pelo que mais se adéqua aos seus objetivos. 

PGBL – Plano Gerador de Benefício Livre

O PGBL é uma alternativa voltada para quem faz a declaração completa do Imposto de Renda. Por meio desta opção é possível deduzir o valor das contribuições, com limite de 12% da sua renda bruta anual. Todavia, deve-se considerar que o imposto de renda incidirá sobre o valor total do plano de previdência, quando for realizado o resgate do valor devido. 

O PGBL é indicado para investidores que possuem altos rendimentos e estão investindo em um prazo acima de 10 anos. 

VGBL – Vida Gerador de Benefício Livre

Já o VGBL é mais indicado para as pessoas que fazem a declaração de Imposto de Renda de forma simplificada. Profissionais liberais, pessoas isentas de IR ou quem deseja aplicar mais que 12% da renda bruta anual devem optar por esta alternativa. 

A tributação é incidida somente sobre o rendimento acumulado, não permitindo a dedução anual do imposto. Esta opção é indicada para quem possui uma renda mais baixa e precisará de um curto prazo ou utilizará o investimento como complementação de um fundo PGBL.

Vale a pena investir na previdência privada?

Como pôde ser percebido ao longo deste texto, a previdência privada é uma excelente alternativa para garantir uma aposentadoria tranquila e sem maiores problemas. Porém, não podemos deixar de mencionar que, com raras exceções, as previdências privadas usualmente têm altas taxas de administração e baixa rentabilidade. 

Diante disso, é interessante verificar alternativas com melhores indicadores, como os investimentos florestais. Nesta modalidade, você investe o seu dinheiro no plantio de florestas comerciais de espécies produtoras de madeira nobre.

O Mogno Africano é um excelente exemplo de investimento. Este tipo de árvore produz uma madeira que, por suas características visuais de trabalhabilidade e durabilidade, possuem alto valor de venda no mercado internacional, além de ser uma espécie de crescimento rápido. Vale a pena conhecer. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *